Entenda como funciona uma Cisterna

A escassez de água é uma triste realidade em todo o mundo, por isso, existe cada vez mais pessoas que têm optado pelo uso de cisternas em suas casas.

A cisterna é um sistema que consiste em fazer a captação e o armazenamento da água da chuva ou água do poço.

A água da chuva é captada por calhas e dutos do telhado e/ou pisos enchendo a cisterna. Podendo essa água ser utilizada para irrigar e lavar, porém é recomendado um tratamento para poder irrigar com a água da chuva, devido a alguns poluentes que ela tem contato na atmosfera.

Deve ser instalado um filtro de folhas, pouco antes da entrada da cisterna, para não entupir o sistema.

Para se obter um bom uso do funcionamento da cisterna é recomendado que ela fique enterrada, para controlar a variação de temperatura em seu interior e manter a qualidade da água e dos materiais que a cisterna foi produzida. É necessário mantê-la sempre tapada para que, desta forma, a luz do sol não penetre, impossibilitando a existência de algas.

É de extrema importância prestar atenção na forma que as pessoas armazenam água da chuva, uma vez que, se ela for contaminada, ficará inutilizável para qualquer tarefa doméstica, mesmo aquelas que não necessitam que a água seja potável.

Para isso, é importante entender os tipos de cisternas disponíveis e para que, assim, você saiba qual é o modelo que será melhor para você.

  • Cisterna de alvenaria: Este modelo de cisterna pode ser construído a partir de materiais muito fáceis de serem encontrados no mercado, tais como: cimento, tijolos e cal. Este tipo de cisterna demanda um espaço grande para ser construído e, desta forma, comporta uma grande capacidade de armazenamento de água, entretanto, o seu custo é mais alto.
  • Cisterna de fibra de vidro: Com um custo mais baixo no mercado, este modelo de cisterna normalmente é associado ao plástico. Isto confere uma maior resistência à peça, porém, é necessário reforçar que este modelo de cisterna apresenta uma estrutura mais simples que o plástico remoldado. Este modelo também apresenta uma vedação um tanto quanto precária e, desta forma, pode vir a se tornar uma porta de entrada para o mosquito transmissor da dengue.
  • Cisterna de plástico/polietileno: Este é o modelo mais seguro, além de apresentar uma grande resistência, pode ser encontrado em diversos tamanhos. São construídos em material atóxico, de forma a manter a qualidade da água e, normalmente, são confeccionados em material reciclável, que apresenta uma ótima vedação. Muitos modelos deste tipo de cisterna são modulares, o que possibilita o aumento de sua capacidade de armazenamento de água apenas acoplando peças à cisterna inicial.

Agora que você leu e entendeu como funciona uma cisterna, que tal entender um pouco mais sobre a diferença dela e do Poço Artesiano e Semi Artesiano? Leia o artigo e fique por dentro do assunto!

OUTROS POSTS